quarta-feira, 18 de abril de 2018

Episódio 253-Admirer Voyages !




A equipe de Christine então correu para o Espaçoporto, que não estava distante de onde estavam.
Só que ele era imenso, e havia uma multidão gigantesca circulando nele!
-Espalhem-se, assim cobriremos uma área maior !
E começaram as buscas!
Christine, no entanto, tratou de usar seu comunicador, e avisar a Amber, que gostou da idéia, e levou sua equipe para lá também.
Porém, elas estavam mais distantes, e iriam demorar um pouco a chegar.
Enquanto isto, no espaço, a bordo da Admirer:
- E se fizermos uma réplica , uma cópia, da Irisa, para ser inserida no corpo robótico?
-Ah, Rita, lidar com uma Irisa já é complicado...com duas então...
Irisa não gostou nada da brincadeira de Lídia, e fez o maior beiço.
-Bom, se não podemos copiar a Irisa, enão podemos deixar a nave sem sistema, como faremos então?
-Boa pergunta, Isolda, gostaria de conseguir responder...
-Voltemos ‘a ideia do Link cerebral. A Comandante Isolda e a Comandante Rita poderiam fabricar um microlink cerebral, que ao mesmo tempo seja retransmissor e tenhs um micro projetor holográfico, para quem minha imgem e minha mente sejam projetadas ‘a frente da cabeça da cobaia, que teria de ser a Lídia, e possa efetivamente comandar o corpo dela e dar as instruções ao mesmo tempo, aproveitando os talentos das duas. Para tanto, no entanto, seria necessário que a Dra. Nádia faça o implante cerebral lá na enfermaria.
-E não seria arriscado para a saúde da Lídia, Irisa?
-Seria sim,por isto  a Lídia teria de concordar em se submeter a esta operação, com todos os riscos que envolve.Claro que, terminada a operação, o implante terá de ser retirado, numa operação igualmente complicada,Anne Paula !
-Eu aceito e me responsabilizo!
-Tem certeza, Lídia?
-Tenho absoluta, Comandante Isolda !
-Então autorizo. Vamos, Rita, vamos ao laboratório da Engenharia construir o implante. Anne Paula e Wendy, levem a Lídia para a Enfermaria e consigam a permissão da Dra. Nádia !
-E eu, Comandante Isolda?
-Você, Irisa , ficará aqui monitorando a nave pirata !
-Aaaahn...
-Filha, não se desaponte...daqui a pouco você será a estrela da operação !
Disse Wendy.
-Tudo bem, mamãe !
E o grupo se dividiu, uma parte para a Engenharia, outra para a Enfermaria.
Anne Paula e Wendy acompanharam Lídia, e ao chegarem nos domínios da Dra. Nádia, explicaram a situação a ela.
-Huuum..um procedimento destes é de fato arriscado e perigoso, tanto para colocar como para retirar....
-Então, Doutora, mas a própria Lídia aceitou o risco e se dispôs a servir de cobaia, e  eu, como a terceira na linha de comando na nave, autorizo e me responsabilizo também!
-Desculpe, Wendy, mas algo tão arriscado, só mesmo a própria Capitã pode autorizar!Vou então entrar em contato com ela agora!
Já na ponte:
-Capitã, a Dra. Nádia precisa falar com a senhora!
-Coloque na tela, Stephanie , por favor.
-Sim, Capitã!
-Sim, Doutora Nádia, em que posso ajudar?
Nádia explicou a situação e a operação que estava sendo mintada.
-Eu autorizo e me responsabilizo, pode fazer !
-Muito obrigada, Capitã, Nádia desligando !
De volta ‘a Enfermaria:
-Muito bem, a Capitã autorizou. Lídia, vá para o leito, vamos fazer todos os exames e ver se você está apta a passar por esta operação, se não tem fatores de risco, etc.Toda a cautela é pouca em algo tão sensível, delicado e arriscado !
Os exames se iniciaram, sucessivamente, um atrás do outro: sangue, urina, hormônios, tudo.
Quando os resultados já estavam quase saindo,Isolda e  Rita chegaram com o precioso link com elas.
Nádia o esterilizou e descontaminou e Lídia desnudou-se inteiramente e foi para a mesa de operações, cuja cobertura transparente se fechou´a operação iria começar !

(Por Continuar)

segunda-feira, 16 de abril de 2018

Episódio 193- Sensibilidade de Viver: Inerlúdio ETP



Porém, de madrugada, alguém bateu na sua porta:
-Lune-san, acorde , por favor , é a Misato !
-Misato-san?Isto lá é hora de me acordar?São cinco horas da madrugada, e ainda está escuro lá fora, o que você quer?
Lune se levantou da cama e abriu a porta.
-Vim buscar as coisas da Mercedes-san, ela se mudou para meu quarto!
-Ah, certo, mas não pode esperar até amanhã cedo?
-Amanhã cedo teremos de ir para a aula, e ela vai precisar se trocar, tomar banho, se arrumar...
-Ah, está bem, está bem !Droga ! Pega logo as coisas dela, coloca no tudo no corredor e vai levando, por que eu não estou com paciência para esperar você fazer várias viagens !
-Mas que...
-Anda, vai logo, Misato-san, estou morrendo de sono e quero voltar a dormir de novo !
-Tudo bem, tudo bem, já vou, já vou !
Misato coletou tudo o que era de Mercedes, e o que ela tinha dúvidas, Lune lhe mostrava. Colocou tudo no corredor.Por fim, foi se despedir, com uma alfinetada:
-Ah, sim, antes de eu ir embora, uma npotícia: eu e a Mercedes-san agora somos namoradas e acabamos de fazer o sexo mais gostoso da face da Terra !Você não a quis, tem quem queira !
-Faça bom proveito, Misato-san, aquela pervertida é toda sua, não estou interessada nela, nem muito menos na vida sexual de vocês duas !Passar bem !
E Lune fechou a porta na cara de Misato, sem a menor cerimônia, embora calmamente.Ainda assim, era uma tremenda grosseria e falta de educação para os padrões comportamentais japoneses típicos.
Aquilo deixou Misato irritada e lá se foi ela, carregando toda aquela tranqueira aos poucos.
Por fim, depois de meia dúzia de viagens, conseguiu transferir tudo, mas nisto, já não faltava muito para o amanhecer.
Por fim, deitou-se ao lado de Mercedes na cama, totalmente exausta.
-Ah, mas que chata !Não sei como você aguentou uma encrenca daquelas por tanto tempo !Que grosseira, que insensível !Eu não acredito que ela me deu tanto trabalho !
-Relaxa, Misato-kun, vem , que vou te dar um beijo...
E Mercedes a abraçou  e a envolveu com seu corpo nu.
-Descupe, Mercedes-san, estou exausta, exaurida...
-Então deixe que faço tudo sozinha, vou cuidar de você com meu carinho...
Enquanto isto, Lune tentara dormir de novo, mas a barulheira da mudança de Mercedes não a deixava dormir.
Quando o barulho cessou, já era hora de tomar o café da manhã.
Ela se levantou, tirou as roupas e foi para o banho, depois se enxuguou, se trocou, se penteou, se perfumou, se maquiou , calçou tênis e desceu para o refeitório.
Lá sentou-se em sua mesa de sempre, e as colegas estranharam a falta de Mercedes.
De fato, o novo casal de pombinhas apaixonadas só viria mais tarde.
Mas Lune tinha pressa, e comeu de qualquer jeito, e pegou seu carro e foi para a estrada.
Foi ela entrar no carro e Misato e Mercedes chegaram para o café da manhã.
Alheias a tudo isto, as três não sabiam, mas Kotomi  e Rio tinham conseguido escapar  da prisão naquela manhã, e prosseguiam com seu plano de matar Lune.
Elas roubaram um Toyota Supra, e ganharam as ruas.
-Vamos na faculdade da Lune-san, e vamos dar um fim naquela lambisgóia !
-É isto aí, Rio-san, vamos nesta!
-Que idéia genial a sua de seduzir o vendedor da loja de armas e usar a arma e munição dele para roubar as armas e munições !
-Caiu como um patinho, o otário...enquanto apertava meus seios com as mãos, eu o agarrei e atirei no ouvido dele, morreu na hora!Ahahahahah !
-Que legal ! Você já viu o carro da Lune na estrada?
-Não acho que ela já deve ter chegado...
-Bom, então coloque as pistolas Mauser nas nossas bolsas, e a pistola metralhadora Beretta  na minha !
-Vou colocar uma pistola Colt em cada bolsa também, e uma granada para cada uma!
-Beleza,Rio-san,  para invadir uma escola, temos de estar bem armadas!
-Então, vamos invadir a classe e sair matando?
-Ah, não sei não, acho melhor armarmos uma armadilha para ela no intervalo...
-Quanto mais tempo nos arriscarmos, pior, alguém pode nos ver e desconfiar...
-Então vamos invadir matando mesmo,mas não atiremos antes de entrarmos na classe dela !

(Por Continuar)

sábado, 7 de abril de 2018

Episódio 252- Admirer Voyages !




-Então, excelência, ocorre que uma Capitã Pirata, Jesse  "Cabelos de Ouro” Ashton, e sua tripulação , desembarcaram neste planeta e nesta cidade. Solicitamos a imediata prontidão da cidade e da Polícia para caça-los e captura-los, nos auxiliando a encontra-los !
-Pois não, Imediata, terei o maior prazer em ajuda-las nesta nobre tarefa,mas...uma singela contrapartida seria necessária...
-Contrapartida?
-Sim, ao lado do meu escritório , tem um quartinho secreto. Se puderes fazer amor comigo, atenderei seu pedido!
Amber, constrangida e envergonhada, corou dos pés ‘a cabeça:
-O quê? Vossa Excelência está fazendo uma proposta sexual a uma alta Oficial da R-KASF, é isto?Tem idéia do tamanho do crime que está cometendo e que isto dá-lhe uma passagem grátis só de ida ao Planeta Prisional?
Todas as tripulantes engatilharam suas armas e apontaram para a cabeça do Prefeito.
-Então sinto muito, não posso ajuda-la...
-Acobertar e proteger Piratas é outro Crime de Alta Traição! Não tem jeito! Guardas, algemem-no! Sasha, suba com ele e mais duas guardas para a nave e o coloque numa cela !
O Prefeito aperou um botão e imediatamente apareceram dez policiais, que apontaram as armas para elas, e a situação ficou tensa. A pistola laser de Amber estava encostada na boca do Prefeito. Um tiro seria -lhe fatal, sem chance.
-Larguem Sua Excelência e deponham suas armas!
Disse um dos policiais.
-Como ousa dar ordens a uma Imediata da R-KASF? Tem idéia de que , se sobreviver, irá direto para o Planeta Penal?Estamos muito mais armadas que vocês !Garotas, subam os escudos defletores pessoais !Sasha, mantenha a arma apontada para o prefeito ! Amber para Admirer !
Disse a Imediata usando seu comunicador.
-Sasha, o prefeito e duas guardas vão subir, Francesca, ativar o teletransporte !
-Sim, senhora !
Instantãneamente os quatro desapareceram.
-Agora que já resolvemos esta parte, vamos dar uma lição neles, meninas ! Fogo !
Todas atiraram, e os policiais tentaram revidar, mas os raios ricochetearam nos escudos defletores delas , sem as atingir. Já os policiais, que não tinham escudos refletores, foram atingidos e caíram mortos como moscas vítimas de inseticida.
-Não podemos contar com a ajuda desta prefeitura corrupta !Vamos continuar as buscas !
Logo Sasha e suas guardas reapareceram:
-O Prefeito já está detido na cela da nave, Capitã, e muito bem vigiado !
-Muito bom, Sasha, vamos continuar nossa missão !
Enquanto isto, a Capitã Jesse estava no Espaçoporto da cidade, com sua tripulação, todos sob disfarce de civis.
Do saguão, avistaram uma nave militar. a KSS Titanis- C, uma nave gigante de transporte militar da Classe Colossus, que tinha mais de mil e oitocentos metros de comprimento e cujo disco tinha mais de três quilômetros e meio de diâmetro !Um verdadeiro monstro !
-É esta aqui que vamos roubar !Ela tem a capacidade bélica de combate equivalente a de um destroier super pesado, nem a Admirer, nem a Exploiter serão páreo para ela !
Ainda sem saber que a tripulação pirata estava no espaçoporto, as duas equipes ainda procuravam por eles pela cidade.
A equipe de Christine continuava sua busca, ainda infrutífera.Os sensores manuais tinham alcance limitado e as leituras não batiam com as dos piratas.
Foi quando a Oficial Chefe de Segurança da Exploiter olhou para o céu, e viu uma nave de passageiros passando em voo baixo, pronta para ganhar o espaço.
-Huuuum, onde não procuramos ainda? Deixe-me pensar...
-São bonitas estas naves de passageiros daqui...
Disse uma de suas guardas.
-Nave de passageiros, nave de passageiros...mas é claro ! O Espaçoporto ! Eles podem estar lá !Vamos lá !

(Por Continuar)